| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Jornal Mojubá Efón
Desde: 29/12/2009      Publicadas: 60      Atualização: 14/09/2013

Capa |  Culto a Xapanan em Ekiti -Efón  |  Festa de Exu Tiriri  |  Ile Omi Asé  |  Inauguração Asé Lança de Prata  |  Iya Mi Osorongá  |  Noticias do candomblé  |  Noticias do mundo do candomblé  |  Odú Etá de Walace Ty Jàgún  |  Odùdùwá  |  Ori  |  Oriki  |  Orisá de Efón  |  Orisá Ogun em Ekiti  |  Orisá Okó  |  Quem sou eu?!


 Quem sou eu?!

  07/09/2011
  0 comentário(s)


Babalorisa Jagunsi

Entrevista com Baba Jagunsi

Babalorisa JagunsiEquipe Jornal Mojubá Efón

Boa noite Pai Jagunsi!

Jagunsi: Boa noite !

Equipe Jornal Mojubá Efon
Pai qual seu nome todo e onde nasceu?

Jagunsi:Meu nome é Tadeu Aguiar,nasci em Niteroi Rj.Sou filho de Carmen de Oliveira e Alan de
Aguiar.


Equipe Jornal Mojubá Efon
Quantos anos :
Jagunsi : 23 anos,completo 24 anos dia 28/10


Equipe Jornal Mojubá Efon
Jagunsi,como foi sua experiencia dentro da religião:

Pai Jagunsi: Bom eu comecei na Umbanda,fui criado dentro do espiritismo.Pois minha mae
frequentava um centro em niteroi que era da minha avó.Centro esse que depois com meus 15 anos
fui me desenvolver.

Equipe Jornal Mojubá Efon
Voce sempre seguiu o espiritismo?
Pai Jagunsi:
Não,eu fui cristao a muito tempo,cerca de 3 anos.Entrei para o envagelico com 11 anos e sai com
14 anos.

Equipe Jornal Mojubá Efon
E como chegou ao espiritismo?

Pai Jagunsi responde:
Bom no ano de 2002 eu saindo da minha igreja onde congregava.Eu pela primeira vez incorporei
uma entidade no meio da rua( Sr Zé Pilintra).Com isso fiquei muito assustado procurei minha
mae,ela mesmo nao gostando da situaçao ela pediu que eu procurasse minha avó,que era mae de
terreiro de Umbanda.

Equipe Jornal Mojubá Efon
Conta mais para nós leitores sobre essa experiencia:

Pai Jagunsi :
Bom na mesma semana do acontecido eu procurei minha avó,me consultei com a preta velha dela
chamada Vovo Maria D'angola.Ela falou que deveria me desenvolver.E assim segui seus
conselhos.Nesse centro fiquei por volta de um ano.

Equipe Jornal Mojubá Efon
E como foi seu contato com o candomblé?

Jagunsi responde:
Bom,eu tive serios problemas espirituais.Que dentro do centro de Umbanda que eu frequentava ja
nao tinha mais controle sobre o problema.Me afastei por um ano de santo.Foi quando tive crises de
loucuras .Fiquei muito agressivo,tentei matar minha mae .Foi quando eu ja no auge da loucura
Dona Maria padilha virou em mim e pediu que eu procurace um Pai de santo de candomblé.Quando
ela foi embora,fui no luga que ela me indicou,sem eu conhecer quem era e nem o lugar.Andei muito
cheguei na Casa do meu Babalorisa onde ele me atendeu com jogo.Isso ocorreu no dia 28 de
agosto.No dia 6 de outubro me recolhi para fazer meu santo no Ile oMI aSÉ Raiz do Oloroke.

Equipe Jornal Mojubá Efon
Pai jagunsi e hoje,fale umpouco da sua vida hoje

Jagunsi:
Bom hoje tenho minha casa de santo em Niteroi.Sou mnuito feliz.Tenho meu trabalho,vivo para o
Orisa nao do orisa.Bom é isso amo meu Axé Efón e Jagun.

Equipe Jornal Mojubá Efon

Pai muito obrigado pela entrevista.Ultimo pedido.De3ixe uma menssagem para nossos leitores.

Jagunsi responde:
Ame o Orisá,nao deixe nunca A FÉ NO ORISÁ SER ABALADA.

bY:jAGUNSI



  Autor:   Equipe Jornal Mojubá Efón





Capa |  Culto a Xapanan em Ekiti -Efón  |  Festa de Exu Tiriri  |  Ile Omi Asé  |  Inauguração Asé Lança de Prata  |  Iya Mi Osorongá  |  Noticias do candomblé  |  Noticias do mundo do candomblé  |  Odú Etá de Walace Ty Jàgún  |  Odùdùwá  |  Ori  |  Oriki  |  Orisá de Efón  |  Orisá Ogun em Ekiti  |  Orisá Okó  |  Quem sou eu?!
Busca em

  
60 Notícias