| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Jornal Mojub Efn
Desde: 29/12/2009      Publicadas: 60      Atualizao: 14/09/2013

Capa |  Culto a Xapanan em Ekiti -Efn  |  Festa de Exu Tiriri  |  Ile Omi As  |  Inaugurao As Lana de Prata  |  Iya Mi Osorong  |  Noticias do candombl  |  Noticias do mundo do candombl  |  Od Et de Walace Ty Jgn  |  Oddw  |  Ori  |  Oriki  |  Oris de Efn  |  Oris Ogun em Ekiti  |  Oris Ok  |  Quem sou eu?!


 Oriki

  20/12/2011
  0 comentrio(s)


RK RS - O CONCEITO EM IFA DE LOUVAR S FORAS DA NATUREZA

O texto a seguir foi extrado do livro " B 'S
O R S , de autoria do Awo FA'LOKUN
FATUNMBI, tendo sido traduzido para o
portugus, para elucidarmos juntos o real
significado da palavra rk.


rk palavra que significa " louvor da
conscincia " ou "orao da cabea".

RK RS - O CONCEITO EM IFA DE LOUVAR S FORAS DA NATUREZAIFA baseia-se na crena de que todas as coisas existentes tm alguma forma de conscincia, logo,
o rk uma referncia s frases que so dirigidas a todas as foras na natureza que sustentam a
criao. Nas cerimnias de IFA e rs, os rk so usados como gbdr, que significa
"invocao".

f'se Igbdr so palavras especficas, usadas para chamar o rs para um espao cerimonial.

O uso hbil do rk que permite a invocao da posse do rs, e o que permite o retorno
conscincia normal, ao final de um ritual.

Na minha experincia, anlise e estudo do rk, uma das melhores fontes para estudar os
princpios metafsicos que formam a base da cosmologia de IFA. Isso porque o contedo do rk
inclui referncias simblicas e poticas a doutrina fundamental de IFA.

Existem duas grandes categorias de rk. A primeira usada para rezar para um grande nmero de
rs, j a outra usada para orar a um rs especfico.

Os rk usados para evocar um grande nmero de rs so geralmente empregados no incio da
cerimnia.

A maioria dos rk inclui recitaes formais dos textos tradicionais com elementos espontneos
que abordam as preocupaes do momento.

O rk a seguir uma verso da orao de abertura que usado por Sacerdotes maiores de Ifa, em
Ode Remo.

Oriki b'se rs uma mostra do tipo de invocao que se faz no comeo de uma cerimnia
pblica. Este oriki de Ode Remo, na regio de Ijebu, no Estado de Ogn, Nigeria.

O contdo desta orao vara de uma regio para a outra, dependendo das divindades locais que
sero homenageadas, de uma determinada rea.

A seo em honra aos antepassados especfica a Egb If Ogn ti Ode Remo.

Para quem fizer uso deste oriki, os nomes de seus religiosos mais velhos e j falecidos devero
ser chamados.

Os diversos segmentos deste oriki, invocando determinado rs, podero ser usados
separadamente por iniciados daquele rs.
Op ni fn Olrun.
Graas ao proprietrio do Reino dos ancestrais

.b Oldmar, Oba jk.
Homenagem ao criador, louvamos o rei em primeiro lugar.

M j ln.
Eu acordei hoje.

Mo wo'gun mrin ay.
Eu olho para os quatro cantos do mundo.

b lwr.
Homenagem ao esprito da pureza.

Agbg lr, l'fn ewu l'd,
O que corta o pano na forma de uma escultura

nt Oldmr k p'j ik d,
quele cuja a data da morte no alterada.

Om Olwrogb,
Filho do Principal Sacerdote que fez todas as Cabeas existentes na Criao.

b'se il Orn.
Homenagem ao poder do leste.

b'se w Orn.
Homenagem ao poder do Oeste.

b'se Arw.
Homenagem ao poder do Norte.

b'se Gs.
Homenagem ao poder do Sul.

b Oba gbly.
Homenagem ao Rei das estaes da terra.

b run Ok.
Homenagem ao reino invisvel das Montanhas.

b Atw run.
Homenagem a todas as coisas que vivem no Reino invisvel.

b Olkun -sr-day.
Homenagem ao esprito do oceano, que faz as coisas prosperar,

b aff lglg awo sl-ay.
Homenagem ao poder do vento, o mistrio do mundo misterioso.

b gg, Oba t ngb'iy gn.
Homenagem a me terra que sustenta o alinhamento Universal de todas as coisas na natureza,

b tt iy l gbr.
Homenagem perpetuidade do mundo para a eternidade.

b Oba wn Oba.
Homenagem ao rei de todos os reis.

b kt br, Oba t np'j ik d.
Homenagem ao Evitador do fim dos das, o Rei que pode mudar a hora da morte.

b te-k en Oldmar.
Homenagem a esteira que no pode ser enrolada, uma vez estendida.

b dmu dmu kt a lnu m fohn.
Homenagem ao poder que extrai a bondade no Reino do invisvel.

b'se wn Ik emes run.
Homenagem aos mortos, os mensageiros do Reino invisvel.

b Or,
Homenagem ao esprito da conscincia,

b Or in,
Homenagem ao esprito do eu interior,

b pnr t w l' run,
Homenagem ao esprito do eu Superior que vive no Reino invisvel dos antepassados,

b Kr,
Homenagem ao criador do cabaa que contm o Eu Interior,

b jl-Mpn,
Homenagem ao esprito do guardio de todos os Espritos Interiores que so escolhidos no Reino
Invisivel dos Antepassados.

b Aldndn- run,
Homenagem ao esprito que anuncia o destino que criado no Reino invisvel dos antepassados.

b Od-Ar, at Od-Ej,
Homenagem ao Rio azul e o Rio de sangue, (o lugar que faz com que o destino seja esquecido).

run Or nl, e jyn, e jb oun t e r.
O Reino invisvel dos antepassados o lar permanente do eu interior, onde o eu Interior d contas
do que ele tem feito durante a viagem terra.

b s dr, knrn or it, r k tse, ao f id re ll.
Homenagem ao mensageiro divino da transformao, o homem da encruzilhada.Usaremos sua
espada para tocar a terra.

b ss Ode mt.
Homenagem ao Esprito do caador, Mestre do Mistrio da medicina com os pontos.

b gn awo,
Homenagem ao mistrio do esprito do ferro,

Onl kngu kngu run,
O proprietrio de inmeras casas no Reino dos Ancestrais

b Obtl, rs sr Igb,
Homenagem ao esprito do Rei do pano branco, que louvado no bosque sagrado.

On ktkt awo wr,
Proprietrio do antigo mistrio de pano branco,

rs sr Igb,
O esprito que elogiado no dia sagrado da floresta,

Ik ik,
Guardio das pessoas com deficincias fsicas,

Oba pt-pt t nb won gb'od rnj.
Rei de todas as futuras geraes.

b Yemoja Olgb-rere
Homenagem me dos peixes, doadora de coisas boas.

b sun oloriya ign arew obrin.
Homenagem ao esprito do Rio, proprietria do pente para mulheres bonitas.

b Olkso r, bmb omo argb t sgun.
Homenagem ao rei que no morre, o Filho da Pedra.do Trovo

b liy jlrun Oya Olwk.
Homenagem aos Ventos da Terra. Os ventos do Reino Invisvel dos Ancestrais.

b bej or.
Homenagem ao poder transformador do esprito dos gemeos.

b Aj-ggls Olmb yeye aiy.
Homenagem aos espritos da riqueza e boa sorte, a honra vai para as mes da terra.

b Awn ymi,
Homenagem sociedade das mulheres sbias,

Algogo sw p'on ma hagn.
O Poder do pssaro branco a fonte de sua Medicina.

b rnml, Elr pn,
Homenagem ao esprito do destino, testemunho da criao,

Ik dd tw.
O que evita a morte.

r t s gbgb n.
O poder da palavra que abre todos os caminhos.

b Awo Akd.
Homenagem ao adivinho chamado Akd. (o primeiro aluno de rnml).

b Awo sd.
Homenagem ao Adivinho chamado Aseda (que ensinou IFA ao mundo).

b Ojbo nmf.
Homenagem ao Santurio das seis direes.

Ase."
Que assm seja.


Postado por Bb Jgns
  Web site: www.jagunsi.com.br  Autor: Jagunsi


  Mais notcias da seo Equipe Jornal Mojub Efon no caderno Oriki
20/12/2011 - Equipe Jornal Mojub Efon - Alguns outros Orikis
Continuao dos Orikis...
20/12/2011 - Equipe Jornal Mojub Efon - Oriki Ty Oris
Nesse espao vamos falar alguns Orikis.Pois so muito fundamentais no culto ao Oris!Mais na frente falremos do significado dos Ofs.Pois Ofs so para invocar os Oris de uma forma mais forte!Sendo que todos Babalorisas e Iyalorisas deveriam recita o Of na cerimonia de "assentar" o Oris do iniciado.Ou seja sacra aquele Igb com Of daquele tal O...



Capa |  Culto a Xapanan em Ekiti -Efn  |  Festa de Exu Tiriri  |  Ile Omi As  |  Inaugurao As Lana de Prata  |  Iya Mi Osorong  |  Noticias do candombl  |  Noticias do mundo do candombl  |  Od Et de Walace Ty Jgn  |  Oddw  |  Ori  |  Oriki  |  Oris de Efn  |  Oris Ogun em Ekiti  |  Oris Ok  |  Quem sou eu?!
Busca em

  
60 Notcias